Sobre a Terapia


O que é?

A terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) é um tipo de terapia que se destaca por ser breve, estruturada, educativa e orientada para os problemas atuais da vida do cliente. Tal abordagem está embasada em uma série de estudos científicos que comprovam sua eficácia.

A terapia é um processo de aprendizagem onde terapeuta e cliente propõe-se a analisar a função dos pensamentos e comportamentos inadequados (que trazem sofrimento) com o objetivo de promover mudanças emocionais e comportamentais duradouras.

 

A quem se destina?

A Terapia Cognitivo-Comportamental é destinada a pessoas de todas as idades. Sua aplicação é bastante abrangente, envolvendo condições onde problemas emocionais ou comportamentais comprometam a saúde emocional e/ou física do individuo.

 

Qual a duração do tratamento?

Todo cliente é único e seus problemas ou dificuldades são produtos de uma história de vida particular. O processo terapêutico caminha de acordo com as dificuldades e individualidades de cada um, tornando difícil a previsão precisa do tempo de tratamento. Ainda assim, estudos indicam que, são necessários 6 meses, em média, de terapia nessa abordagem (1 ou 2 sessões semanais) até que as queixas apresentadas sejam solucionadas e o cliente se sinta apto a ser “seu próprio terapeuta”, lidando com situações antes problemáticas de forma consciente e independente do terapeuta.

 

Tarefa de Casa

A terapia é um processo de aprendizagem ativa. Ou seja, tanto terapeuta quanto cliente devem estar comprometidos com os seus objetivos. Dentro desta proposta, muitas vezes o terapeuta irá propor tarefas de casa. Tais tarefas podem envolver leitura de textos, diário de auto-monitoramento, assistir a filmes, exposição a situações novas, etc. Estas atividades são instrumentos importantes para a terapia já que o tempo que cliente e terapeuta passarão juntos poderá não ser suficiente para abordar todos os assuntos relevantes.

 

O terapeuta

A terapia é um espaço para uma profunda vivencia emocional e relacional entre cliente e terapeuta. O terapeuta não julga, nem pune seus comportamentos ou vontades. Portanto, sinta-se livre para expor suas dificuldades. Faça perguntas, sugestões, críticas e sinta-se livre para falar de si de forma honesta e sincera.